22 dezembro 2012

DIETA DE NEGATIVIDADE NA TEIA AMBIENTAL

imagem m/criação power point
Por vezes pode parecer que me afasto do âmbito desta Teia que nos une mês a mês, mas não, afinal ambiente é tudo o que nos rodeia, é o conjunto de substâncias e circunstâncias em que determinado organismo vivo, objeto ou ação existe e se desenvolve. As trocas constantes com o meio interferem, influênciam, condicionam. É inevitável concluirmos que somos fruto da árvore cósmica da vida, resultado do ambiente em que vivemos.
No mês passado, falei-vos da poluição vibracional relativa à electrónica envolvente, hoje dedico-me a outro tipo de toxicidade oculta, a negatividade circundante. Desde já aconselho a mudarem a dieta. isto porque pessimismo em excesso, engorda! E mesmo que não engorde, danifica-nos por dentro. É corrosivo. A negatividade é também ela um tipo de vibração invisivel, densa, ácida, sugadora de energia vital conduzindo-nos à depressão e ao medo.
Só um "cego" é que não vê, o constante bombardear dos mass media espalhando pânico, raiva, desorientação: jornais, revistas, televisão, filmes apocalíticos, jogos violentos, canalizam mensagens dos planos inferiores, instigando-nos à irracionalidade. Assim seguimos nossos instintos primários, reagimos ao minimo sinal de alarme, sofremos por antecipação entrando, de imediato, em modo de sobrevivência.
Se puderes olhar, vê. Se puderes ver, repara. Não ensaies para ti uma cegueira branca, ilusória que te dá acesso à inconsciência. Pega nas sementes, polariza-as com positividade e semeia-as no coração dos homens. Não sejas também tu um canal da emissora do desalento. Se tens "voz", se gostas de discursar, porque gastas o teu tempo lamentando-te da vida que levas? Porque continuas tocando o mesmo fado repetitivo de há décadas atrás?
Sim, eu sei que o desabafo alivia. O choro também, o grito... Porém não podemos direccionar essa poeira negro-ativa para os outros. Quando nos lamentamos para alguém, direccionamos a fulizem interior para essa pessoa. Pensemos antes de libertar a voz: -Posso fazer algo para mudar a minha situação? Alguém me pode ajudar a mudar, a iluminar? - Então depois, mediante a conclusão que o amigo X pode ajudar, vamos falar com ele. Agora, se apenas queremos alimentar nosso pessimismo, sede de vingança, autopiedade, ódio, revolta... e qualquer esforço de optimismo da outra parte encontra terreno estéril no nosso interior, por favor, amem quem vos ama, poupem quem vos quer bem.
As pessoas têm de estar conscientes e serem responsáveis por tudo o que criam e auxiliam a criar. Podereis afirmar: mas não fui eu que semeei o grão de dor! - Verdade. Mas quem regou? Quem dedicou seu tempo a proliferar os espinhos? Quem se empatizou com a enxurrada, jorro de sujidades em que inocentes mergulhamos de cabeça? Não interessa quem ou como se fez até aqui. Este é um post de reflexão, vamos pensar no agora, momento a momento, alterando hábitos de vida nocivos. Daqui a alguns dias, "pese-se" e vai ver que está mais leve :)
Sintonize-se com a pureza da natureza, ar puro do campo, o canto dos passarinhos. Passeie descalço à beira mar, o sal é ótimo neutralizador de polaridades, neutraliza stress, descarrega negatividade. Se não puder ir à praia, tome banho de imersão na banheira com 500 gr de sal de cozinha. Asseguro-lhe, vai se sentir desintoxicado.
O/Participações que vale a pena conferir:

01 dezembro 2012

SIRVA SAÚDE AO PEQUENO ALMOÇO

"Abre-te sesamum" ao meu conhecimento, mostra-me a virtude que Deus guardou oculta dentro de ti, ó semente. Em ti e em todas as sementes de vida, em todos os reinos, repletas de potencialidade de dar frutos. Deixai vossas propriedades beneficas alimentar nossos filhos. Super alimentos, tesouros depreciados pelo homem que pensa que só o que é grande ao olhar, enche a barriga.
Pequeno almoço à americana? Ovos de galinha e bacon de porco?
Que tal, pequeno almoço à vegetariana? Ovos de plantas e queijo de tofú?
INGREDIENTES:
Café coado - mistura de pó café com café de 5 cereais torrados;
Alecrim fresco para aromatizar o café;
Pão de centeio;
Queijo creme de barrar - Tofu;
Sementes de gergelim (sésamo) torradas;
Sementes de chia torradas.
CONFECÇÃO:
As sementes são levemente torradas numa frigideira anti-aderente, arrefecidas e guardadas em vidro. Duram estaladiças bastante tempo em local fresco, fechadas hermeticamente.
Para o café, coloque o alecrim fresco dentro da chaleira onde cairá o café coado (café de saco). De preferência beba café sem adoçar. Este café como é fraco, bebe-se bem sem açúcar.
Torre as fatias de pão de centeio, barre com queijo creme de tofu (0% colesterol ruim) e povilhe de sementes torradas.
Além de super aromático, é um café da manhã super vitaminado, rico em cálcio, fósforo, magnésio e fibras.  Tanto o gergelim como a chia possuem propriedades de redução do colesterol ruim. Promovem uma sensação prolongada de saciedade, evitando que se coma muito, apesar de serem extremamente saborosas as sementinhas torradas.