30 julho 2012

BC CORPO DE MULHER »» A MULHER INVISIVEL

Iniciativa Blog DiárioDeBordo
A mulher invisível terá concerteza diversas interpretações possiveis. Poderá ser aquela que ninguém vê, de personalidade frágil, submissa. Aquela que a familia não valoriza porque se tornou habitual sua presença. A que ainda hoje não tem direito a voto ou que se acha uma mulher tão comum que não vislumbra hipotese de destaque das outras mulheres. Ela se sente invisível mesmo quando é volumosa. E quanto mais invisível se sentir, mais volumosa fica.
Para mim, a mulher invisível é o corpo energético que não se vê, mas sente-se! Horas e horas de academia, não trabalham esse corpo. Cirurgias sobre cirurgias, não aperfeiçoam esse corpo. Dietas e queimadores de gordura, não o tornam mais leve. E o mesmo acontece com os homens. O homem invisivel não se vê no corpo musculado, endeusado, adelgaçado.
Um dos corpos energéticos do humano invisível é o corpo emocional. Nele se acumulam toxinas energéticas, sentimentos dolorosos, emoções bloqueadas. Conforme a pessoa passa por experiências desagradáveis, vai endurecendo o seu sentir, ganhando calosidades protectoras, adquirindo máscaras  para lidar com a vida. É comum a mulher invisível vestir-se de roupas e atitudes que não são suas. Chega o momento que ela não sabe quem é. Enxerga-se no espelho nua e não se reconhece. Passou a ser o que os outros pensam dela, o que os outros vêem nela, o que os outros inventam e descortinam do que possa ser o seu interior. Chiuuuu, escuta!
É tudo inconsciente. A mulher não tem consciência que estados negativos do corpo emocional provocam doenças no corpo físico. Como é possivel o invisível dar lugar à doença visível? Uma essência vital que degenerou resulta em degeneração celular. O mesmo se conclui, em sentido inverso para a saúde. Por detrás da mulher fisicamente saudável está concerteza a mulher invisível equilibrada. A vitalidade do corpo energético em estado positivo emocional.
A mulher que trabalha sua invisibilidade emite vibração diferente. Seu jardim interior é o Éden, nele a paz interior ecoa na paz exterior. Harmonizadora por dentro e por fora. Ela se autoconhece, sabe quem é, o que a faz vibrar, qual seu nivel de  autodominio, que aperfeiçoamento profundo quer alcançar. Preocupações não tem. O corpo físico está envelhecendo, e daí? Também o emocional. Não é maravilhoso ser uma mulher invisível matura? Quanto tempo você perdeu na época da rigidez (inflexibilidade)? De quantas experiências prazerosas fugiu com medo de se magoar de novo? Quantas vezes masculinizou seus sentimentos para vencer?
Então? Vai se aprofundar ou continuar trabalhando apenas o superficial?

18 julho 2012

REINTEGRAÇÃO - No Reino do Tao ☯

m/composição »» imagem google
BCAP - 5ªFASE - REINTEGRAÇÃO
Quem é esse? - O Bobo. - Ah esse... Esse não joga com o "baralho" todo!
Engano o seu. O Bobo é aquele que possui um sofisticado sistema de integridade do Ser. Após ter experiênciado acontecimentos nos reinos separativistas, ele adquiriu know-how suficiente para aplicar a teoria à prática e reposicionar-se interiormente, resgatando a harmonia () dos sentimentos opostos.
Ele representa a unificação. Sob o dominio da sabedoria do Bobo nada é divisivel, nada é dual. Assim sendo, não há reinos encantados, nem desencantados, não há amor aos pedaços, há simplesmente o todo, e isso é o Tao, o absoluto, onde o amor inteiro é o amor incondicional.
Mas afinal, ele é sábio ou louco?
Para a maioria das pessoas, ele é louco porque não tem apego ao reino de . Quando sua intuição fala que ele tem de mudar de reino, ele muda sem problemas, com serenidade, sem apelar à lei dos homens. Ele sabe que em tudo é passageiro, quando morremos nenhuma matéria levamos conosco para outra encarnação.
Também o chamam de Louco por amar quem o desrespeita e por dar mais do que recebe. Afinal se ele viaja no Tao, passa concerteza pelo reino de , sentindo a pressão da sombra, a falta de reconhecimento. Mas o negativismo nunca o pega, porque ele traz a sombra à luz, iluminando-a. Possui um profundo autoconhecimento de si mesmo, sabe que o sofrimento e a dor são sensações exageradas, ilusórias, que apenas têm o intuito de despertar a consciência para o desconhecido. Entende que o exagero é uma inadaptação mental, uma perspectiva autista de quem é incapaz de enxergar além do imediato.
No reino de é onde o consideram menos Palhaço, pois como todo o mundo está delirando de encantamento por lá, não estranham ele viver sorrindo, tranquilo, apaixonado pela vida, pelos animais, pelas plantas. Mas, o Curinga sabe o que faz! Se encanta sem perder o discernimento, mantém o equilibrio () emoção-razão com flexibilidade. Consoante o momento, serve-se de sua parte feminina ou masculina cooperando com a força ou a sensibilidade da situação.
No reino de , sua loucura sobe à cabeça. O fogo serpentino interno acopla com a energia divina. Alguns Jokers são mal interpretados, confundidos com paranoicos. Afinal quem é o Louco: aquele que comunica com anjos, que acessa a vidas passadas e canaliza energias cósmicas, ou aquele que vive uma vida de escravidão sem sentido, que segue a bússola do materialismo e esquece a alegria da simplicidade?
Há quem diga que de sábio e de louco todos temos um pouco. Será que somos assim tão diferentes uns dos outros? Amam uns demais e outros de menos? Ou, uns conseguem ver a totalidade e outros só enxergam as limitações?
Permita-se experiênciar as vivências dos vários reinos, sem couraças que protegem a personalidade fragilizada. Conheça os seus instintos de sobrevivência, que pensamentos/emoções densificam sua vibração. Absorva aprendizado em cada viagem nos altos e baixos do amor. Com o passar do tempo, atingida a maturidade e o autodominio, reduzirá as íngremes oscilações () interiores, adquirindo a plenitude do coração desfragmentado, onde tudo flui de forma contígua e ordenada.
Experimente um pouco dessa loucura comigo. Entrelace sua loucura na minha, ampliando a união dos opostos ao coletivo. Desmistifique desarmonias (), ajude a conciliar conflitos. Auxilie as pessoas que ainda se encontram mergulhadas na escuridão. Cultive a tolerância, colabore na co-criação de um mundo melhor. Ame e seja feliz. Amor e Paz sem condicionalismos.
ilusão crudivora, a falsa evidência crua de aparência real.
Nem tudo é o que parece. Nem tudo o que parece, É!
Quem mais está ficando louco/a ()
Gente, que loucura! A BCAP vai terminar!!! Será real ou apenas ilusório?
  1. Eu
  2. LuzDeLuma,Yes Party 
  3. Espiritual-Idade 
  4. UmTzaum!deBlog 
  5. BelBlogandoComVida 
  6. Etnias-BisturiDaSociedade 
  7. AescolaÉbela 
  8. EsplendorDaCriação 
  9. PensamentosDeUmaMoca 
  10. SóTutoriais 
  11. DuasMoçasPrendadas 
  12. TenhoAlmaVintage 
  13. ProjetandoPessoas 
  14. ConversasCartomanticas 
  15. AsasDosVersosEReversos 
  16. SuTheBest 
  17. VamosPreservar 
  18. Quiproquó 
  19. CasaDaAlquimia 
  20. TachosVsPanelas 
  21. ChicaBrincaDePoesia 
  22. VozAtiva2 
  23. DoQueEuGosto 
  24. Sexta-feira 
  25. MãosDeManteiga 
  26. PensandoEmFamilia 
  27. Jubiart 
  28. DebbyEuAmoAminhaVida 
  29. CozinhandoComJosy 
  30. FractaisDeCalu 
  31. OrganizandoOcaos 
  32. UmaCertaLuz 
  33. DiarioDeUmaTransformação 
  34. LuluOnTheSky 
  35. SimplesEClara 
  36. AvaliandoAvida 
  37. AdãoBraga 
  38. M@myrene 
  39. ConversasComXunandinha 
  40. Casa,CoisaseSabores 
  41. AnjoAzul 
  42. NadaSério 
  43. AromaDeCafé 
  44. Juliu´sPub 
  45. BelRech 
  46. SonharESer 
  47. MSocorroM 
  48. JorgeVicente 
  49. LichiaDoce 
  50. RumosLibertadores 
  51. DemocratizaçãoDaModa 
  52. CadeiranteEmPrimeirasViagens 
  53. RevoltaERomance 
  54. InsanidadeTemporária  

07 julho 2012

AMOR INTEGRAL NA TEIA AMBIENTAL

"Quem me comeu a carne que agora coma os ossos"! Nem sempre acontece assim. Ama-se pela metade, ama-se enquanto encanta os olhos. E o que fazer com o desencanto do fruto amadurecido? O que fazer quando não há esperança de rejuvenescer? Refrigerar, operar, questionar ou trocar uma de 40 por duas de 20?
Vem participar dia 15 JUL na última fase do Amor despedaçado. Desta vez, vamos juntar as peças do puzzle, colar as fases anteriores e mostrar o painel total. O verdadeiro amor integral, aquele que se sobrepõe à dualidade, à bipolaridade.
E hoje?
Hoje vamos olhar para a natureza com os mesmos olhos unificadores. Perceber como ela é perfeita, como nada é descartável. Antes pelo contrário, tudo é necessário. Não há acasos, há entrelaçamentos sincronizados. A teia da vida mostra-nos o quão engenhosa é. O aparente caos, é ordem. Um ciclo que se fecha. Outro que recomeça. A peça prisoneira que se solta para logo de seguida se prender de novo nos braços de outro entrelaçamento.
O fruto que antes floresceu no encanto da primavera, é arrancado da árvore genealógica e em cestaria rústica vai à mesa do rei. Fruto vermelho de paixão que em cada mordidela deixa os lábios rubros, o hálito perfumado, o sangue vibrante de anti-oxidantes nas artérias.
Os despojos de guerra e paz separam a carne dos caroços. Quem tem filhos, tem cadilhos e aos caroços se juntam os fios. É preciso muito amor para em cada banquete de cerejas, colocar os caroços em água para lavar. Há quem diga que depois de lavado e enxuto, fica como novo. Portanto, é só colocar a secar. E o mesmo se pode fazer com o pé da cereja. Higienizar e desidratar ao sol.
Se tiver um coelhinho é dos melhores petiscos que lhe pode oferecer, os pés ainda verdinhos e com aroma latejante a cereja. Mas pelos caroços ele não se encanta. Esses, junte em quantidade suficiente para encher uma almofada de pano. Se precisar de gelo para um inchaço ou edema, coloque a almofada para gelar; Se precisar de quente para dores musculares, aqueça a almofada no aquecedor ou micro-ondas. Os pés de cereja desidratados dão para fazer chá que auxilia nas infecções urinárias. Tem propriedades drenantes para quem sofre de retenção de liquidos.
Já reparou na quantidade de soluções para evitar o desperdiço? Este ano em Portugal está sendo um ano farto de cereja, a bom preço. Concerteza em 2012 a cereja será rainha na sua mesa. Então porque não começar já a pensar nas prendas de Natal? Uma almofadinha de caroços para a avó, um saquinho de chá para a mãe, uma compota de cereja para o pai, um licor de ginja para o avô... E se estiver desempregado porque não seguir as pegadas do José Miguel Amorim? Um homem criativo que trocou as voltas à vida e iluminou os dias da prisão de Tires com...cerejas (veja o video).

Quem mais quer iluminar?